Listas breaking bad

Publicado em 15 de maio de 2016 | por Eduardo Amorim

0

8 Lições de Empreendedorismo, por Walter White

Muitos se recusam a aceitar, mas a máxima maquiavélica “Os fins justificam os meios” é levada ao pé da letra por qualquer bom político, CEO, líder ou pessoa que esteja atrás de seus objetivos custe o que custar, como no caso do personagem Walter White, do seriado Breaking Bad.

Sem deixar de lado a ética e a moral, compilamos esta lista para ajudar a você, (futuro) empreendedor, a alcançar seus objetivos. Se você busca respostas sobre como empreender, como começar seu próprio negócio ou dicas para alavancar seus resultados, fique atento por que os próximos tópicos podem mudar sua vida e de seus negócios!

8 lições de empreendedorismo, por Walter White

 

1. Não tenha medo de mudar de carreira

Tomar decisões difíceis, é claro, não é fácil! Porém você não precisa esperar chegar a um ponto crítico (como a hora da morte se aproximando) para criar coragem e arriscar perseguir seus sonhos.

Se não tem absoluta certeza de que as coisas darão certo, saiba que ninguém tem. Não precisa jogar tudo para o alto, você pode, por exemplo, começar seu próprio negócio em paralelo a seu atual emprego.

walter white

Acha muito difícil, não terá tempo e blablabla? Se você realmente quer se enganar procurando desculpas para não sair do lugar, pode parar a leitura por aqui. Não fique triste, temos outros excelentes artigos no site.

2. Defina seu produto e tenha um plano de negócios

cristal-breaking-bad

Antes de mais nada, é necessário, além de saber onde se quer chegar, ter um produto para trabalhar. Muita gente tenta “abraçar o mundo com as pernas” e diversifica tanto seus investimentos que acabam sendo punidos pela falta de foco.

Assim como Walter White, o bom empreendedor deve focar em uma área específica onde possa empregar o máximo possível de sua atenção para alavancar seu negócio. Dê preferência a algo sobre o qual tenha um conhecimento razoável e que goste de trabalhar, afinal, nada vem de graça e você precisará investir bastante tempo se quiser realmente alcançar o sucesso.

Tendo isso definido, continue sempre estudando e aprendendo a cada dia em busca do aprimoramento contínuo. Seu produto deve ser o melhor (lembra da azulzinha 99% pura do seriado?) e ter a melhor estratégia de divulgação para seu público-alvo. Não adianta ter o melhor produto se o consumidor não sabe de sua existência ou não consegue acessá-lo!

2.1. O que é sucesso?

o-que-é-sucesso

Ter um plano de negócios não é tão simples. Um bom começo é definir o que é sucesso para você? Aonde quer chegar?

Seu primeiro milhão de vendas, uma casa na praia, trabalhar em casa, ajudar outras pessoas… As possibilidades são infinitas, mas seus objetivos não. Se você não sabe aonde quer chegar, qualquer destino serve. Lembre-se disso e siga o exemplo de Walter White e seu sócio, Jesse, que desde o começo sabiam quanto dinheiro queriam fazer e em quanto tempo. Seu foco não precisa ser dinheiro, mas ele precisa existir!

3. Esteja pronto para falhar

todo-mundo-falha

Nada nem ninguém é perfeito, e no caminho até o sucesso certamente você cometerá um bocado de erros e acumulará alguns fracassos. O importante é saber aprender com cada erro e estar sempre pronto para lidar com suas consequências e minimizá-las o quanto antes, assim como muitas vezes Walter White agia, sempre fiel ao “torcer pelo melhor, esperando pelo pior”.

4. Tenha um plano B

 

Walter White e Jesse a princípio ficaram em pânico quando perderam seu fornecedor. Como poderiam então colocar seu produto no mercado novamente?

É claro que ambos encontraram uma solução, assim como todo bom empreendedor deve ser capaz de fazer quando se vê em uma situação semelhante.

Lembre-se de sempre ter um plano B, pois o mundo real não é perfeito e as coisas não irão funcionar sempre exatamente do jeito que você espera.

5. Sociedades? Seja extremamente cuidadoso com isso

 

jesse-pinkman

Nada melhor do que o poder e o dinheiro para revelar a verdadeira face das pessoas.

Seja meticuloso quando for escolher um sócio, caso pretenda colocar sua ideia em prática desse modo.

Em Breaking Bad vemos Walter White e Jesse Pinkman em uma parceria na qual livrar o outro do vício em drogas, apanhar de criminosos, manter segredos obscuros e até mesmo matar pelo companheiro são atitudes tomadas corriqueiramente em prol do bem do negócio. Não precisa chegar a tanto, mas tenha certeza de estar ao lado de alguém em quem possa confiar.

6. Propaganda é a alma do negócio

heisenberg

Clichê? Sim. Verdade absoluta? Não existe, mas essa está próxima.

Como Walter White, o sujeito era apenas um professor antiquado, marido sem graça e pai meia-boca. Já o nome Heisenberg causava calafrios a qualquer um que ousasse citá-lo.

Uma boa imagem é imprescindível para o sucesso de qualquer negócio. Se sua imagem está diretamente ligada a ele, trate de começar a trabalhá-la imediatamente.

7. Respeite e aprenda com a concorrência

Mantenha os amigos próximos, e os inimigos mais próximos ainda. Lição em O Poderoso Chefão, lição em Breaking Bad com nosso querido Walter White.

Seus concorrentes não precisam ser vistos ao pé da letra como inimigos, mas você deve sim manter os olhos atentos aos seus movimentos. Reserve um tempo para acompanhar as ações da concorrência e aprender com suas estratégias e seus erros. Além do mais, seu concorrente hoje pode tornar-se um parceiro formidável amanhã, ou seu nêmesis, portanto, fique esperto!

8. Diversifique

No começo alertamos para a importância do foco, mas cuidado, não siga copiosamente cada instrução como se fosse um robô, afinal, empreender muitas vezes passa longe de obedecer a regras.

Assim como deve-se fazer com investimentos no banco, colocar todos os seus ovos de ouro em uma única cesta pode maximizar seus ganhos, mas também pode significar seu fim no caso de uma eventual falha.

Nesse caso Walter White não agiu por conta própria, mas em determinado ponto ficou claro que tanto dinheiro vindo da venda de drogas não poderia ser explicado legalmente como “caído do céu”. Com a compra de um lava-rápido e uma empresa de dedetização de imóveis, mesmo que tudo desse errado com o negócio principal, ainda existiriam um plano B e C a se seguir. [Tudo bem, essa lição não vem do personagem, mas sim dos olhos atentos do ilustre editor que vos escreve 🙂 ]

Bônus

Seguindo o falado no item 8, além de não se deixar levar pelos negócios, não deixe o ego subir para a cabeça.

Walter se culpava por sair da Gray Matter, empresa que fundou e que posteriormente se tornou um Império.

Quando começou a fabricar drogas, sua ambição foi impulsionada pela inveja e pelo ego ferido, a vontade pulsante de se provar superior aos seus antigos colegas. Isso o cegou e o fez perder seus limites, causando sua própria ruína.

 

 

—-

yeah-bitch

Esperamos que tenha gostado das valiosas lições que Walter White, e também seu sócio Jesse Pinkman, nos ensinam sobre empreendedorismo. E você, tem mais alguma para compartilhar nos comentários abaixo?

 

Tags: , ,




Deixe uma resposta

Voltar ao Topo ↑